E-mail marketing: guia prático para desenvolvedores

A pesquisa Email MarketingTrends  indica que 76,7% das empresas utilizam estratégias de email marketing. Os números não surpreendem, afinal, 97,6% dos usuários de serviços online têm contas de email pessoais que são acessadas com frequência. Por ser um significativo canal de comunicação, a publicidade por correio eletrônico também deve fazer parte da estratégia de atuação dos desenvolvedores.

O sucesso do email marketing se explica por ser uma estratégia que entrega resultados tanto na captação quanto na retenção de clientes. Além disso, a caixa de entrada virtual é parte da rotina do consumidor — 95,9% das pessoas com contas ativas conferem a caixa de entrada diariamente.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que cerca de 70% dos brasileiros com 10 anos ou mais acessam a internet. Ao mesmo tempo, um levantamento da McKinsey&Company indica que uma campanha de email marketing é 40 vezes mais efetiva que ações em redes sociais. Há um grande nicho a ser explorado também pelos programadores.

Quer entender como aplicar a comunicação por email marketing de maneira efetiva na sua carreira e contribuir para o sucesso do cliente? Então veja, neste post, um guia prático para desenvolvedores que querem atuar com tal estratégia de divulgação.

Email marketing: a importância da estratégia para desenvolvedores

Uma estratégia de email marketing eficiente depende totalmente da atuação de um desenvolvedor. Ainda que recursos de automação e questões relacionadas à inteligência da ferramenta sejam responsabilidade de outros setores, é o desenvolvedor que garante o funcionamento pleno da entrega.

Por isso, a atuação de um desenvolvedor relacionada ao email marketing inclui o desenvolvimento HTML e a elaboração de recursos de automação — com a estruturação de melhorias nos sistemas de operações, além da criação de recursos que, entre outros, realizam envio automático de emails de aniversários, promocionais etc.

Para o desenvolvedor que tem afinidade com o universo do marketing e da comunicação, a vantagem competitiva é ainda maior. Afinal, esse profissional tem uma melhor compreensão do universo de vendas e da estratégia de um cliente ao utilizar email marketing, conseguindo identificar quais automações podem aumentar a receita da empresa.

O desenvolvedor que também tem conhecimentos de publicidade e marketing digital, aliás, é o profissional completo — que entende tanto de programação quanto de mercado. Para conseguir resultados com a comunicação por email, é preciso trabalhar estrategicamente para construir uma base engajada e o mais limpa possível. Para isso, é primordial:

  • ter recursos para manter emails limpos;

  • criar pontos nos sites para captação inteligente;

  • atualizar a base de maneira eficiente;

  • atuar com clientes engajados;

  • ficar atento aos report spam e emails inválidos.

Os pontos citados são apenas alguns entre os muitos que impactam uma estratégia de email marketing. Descubra, agora, quais são as principais tendências para a publicidade por correio eletrônico.

Tendências: entre a automação e a personalização

Para que uma estratégia de email marketing consiga os resultados esperados, é necessário ir além do básico e dos envios genéricos que lotam caixas de entrada e facilmente são identificadas como spam (sending and posting advertisement in mass — enviar e postar propagandas em massa). Uma tendência que está em alta é a inteligência do remarketing, que permite a personalização a partir de automações.

Quanto mais a comunicação digital é automatizada no momento certo para o cliente, igualmente maiores são as chances de atingir o cliente na forma certa — ou seja, mais chances falar de um para um. É nesse momento que o conteúdo deve ser personalizado, mas de forma variável. O cliente pode, hoje, receber emails 100% relacionados ao que ele espera.

É o que acontece quando você busca por um sapato, por exemplo, e ele continua aparecendo no seu email. Com a personalização, é possível comunicar a mesma divulgação com variações, que vão de encontro ao comportamento do usuário.

O mesmo vale para o envio para a caixa de entrada de vitrines baseadas no histórico de navegação em um site. Isso deixa claro que o email marketing está relacionado à inteligência artificial e outras inovações, integradas com testes de recomendação que trabalham dentro do remarketing — e se aproveitam dos envios tradicionais.

Por isso o programador é tão importante para a aplicação da ferramenta. É o desenvolvedor que possibilita a coleta de dados, seguida pela customização das entregas de email marketing.

Implementação: soluções práticas para desenvolvedores

Ao se pensar na implementação de uma estratégia de email marketing, a entregabilidade é o básico. Da mesma forma, a automação também é essencial, ainda que existam outros desafios para os desenvolvedores. No entanto, ela deve acontecer no tempo certo, para que o cliente final tenha uma boa experiência com a marca.

Isso, aliás, é uma questão de entregabilidade. Quanto mais emails são abertos, melhor é a interação e melhores são os resultados. É assim que um email chega na caixa de entrada e não é sinalizado como spam — por isso, são maiores as chances de conversão.

Com uma automatização eficiente, a hora certa de realizar o disparo é encontrada. Também é possível fazer uma gestão que separe a base por gênero, por engajamento, entre outros — e é isso que melhora a entrega. Essa gestão da base de emails é o que faz com que um serviço como o Gmail não direcione disparos para o spam.

Sendo assim, são três pontos essenciais para uma boa implementação de estratégia de email marketing:

  1. entregabilidade;

  2. automação;

  3. gestão de emails.

Outro ponto importante é a abordagem, que deve ser muito bem alinhada. Entenda a seguir.

Abordagem em email marketing

No email marketing, a abordagem é um ponto de grande relevância para o sucesso de uma estratégia. Quando é um e-commerce, por exemplo, tudo deve ser feito aos olhos do marketing.

É importante encantar o cliente com boas-vindas e até mesmo oferecer um cupom de desconto. Tudo isso pode acontecer com automatização na hora do cadastro. A complexidade, no entanto, tem a ver com as características da estratégica e depende do que é esperado.

Seja como for, o cálculo da complexidade do uso da ferramenta depende do projeto. Em caso de um banco, por exemplo, pode ser feito de maneira direta, com disparos para clientes devedores a partir de regras preestabelecidas — mas tudo é customizável.

Por fim, é primordial que o desenvolvedor oriente seus clientes com relação às boas práticas de email marketing. Existem alguns pontos que são essenciais quando o assunto é comunicação por caixa de entrada virtual. São eles:

  • nunca comprar uma base de emails;

  • investir na automatização da base;

  • realizar a personalização da comunicação.

Além disso, o programador deve ter uma atuação constante e atenta ao acompanhar diariamente a estratégia e fidelizar seus parceiros de negócio. Só assim é possível garantir boas entregas e entender quais são os impactos de cada disparo no faturamento do cliente.

O email marketing é um serviço com grande potencial para os desenvolvedor. Conhecer as tendências, compreender a importância da automação e investir no conhecimento de estratégias de personalização é o que contribui para o sucesso da atuação e dos resultados do contratante.

Agora que você já sabe qual a importância do email marketing para desenvolvedores, entre em contato e descubra como ampliar suas possibilidades de atuação!