Black Friday para desenvolvedores: como se preparar e atender a demanda

Enquanto representa um ótimo período para os e-commerces, a black friday para desenvolvedores é um momento de desafio. O fluxo de acessos e compras aumenta consideravelmente, o que exige muito mais dos servidores.

Fundamental nessa situação é se antecipar. Todo suporte é necessário aos clientes, então um trabalho prévio deve ser feito para que os sites suportem a movimentação extra que as grandes promoções geram.

Este post mostrará como é importante se planejar para a black friday, apontando quais cuidados devem ser tomados. Saiba também quais ferramentas fazem diferença no período e como é importante ter uma boa infraestrutura. Confira!

A importância de se preparar para a Black Friday

Ano após ano, cada vez mais o período de black friday é marcado por uma série de promoções que movimentam o comércio, especialmente o eletrônico. O que representa mais lucro para as lojas significa trabalho extra aos desenvolvedores.

É preciso se antecipar. O profissional deve estar ciente de que sua demanda de trabalho vai crescer consideravelmente nesse período. Isso se reflete na adequação dos sites e no monitoramento e suporte constante.

Se você consegue se planejar, estará a plena disposição quando chegar a semana que antecede a black friday. Esse é o momento em que os acessos crescem, já que muitos e-commerces antecipam as promoções. Vários sites as oferecem mais do que somente durante 1 dia.

Os cuidados com os sites e lojas virtuais nesse período

A black friday para desenvolvedores é marcada por preparos gerais e adequações. Durante esse período de alta de visitas alguns problemas são comuns: lentidão, instabilidade, páginas fora do ar, falta de elementos nos sites e links quebrados.

Todo bom desenvolvedor sabe o quão importante é a experiência de navegação ao consumidor. Visitar um e-commerce com essas falhas é altamente frustrante e, em épocas de muitas promoções, certamente resulta em evasão.

Se você tem, por exemplo, um cliente grande a nível nacional e a loja dele fica fora do ar por 1 hora, o prejuízo pode ser impactante: R$ 1,5 milhão, segundo o Google. Quando você não faz um preparo prévio, essa culpa estará na sua conta.

Definindo os produtos em promoção

O primeiro passo é definir quais produtos estarão em oferta durante aqueles dias. É bem claro que eles terão mais acessos, então é fundamental otimizar as páginas correspondentes a eles. Além disso, prepare o destaque desses itens na home, com banners chamativos.

Preparando a divulgação

O público precisa saber que a loja do seu cliente aderiu ao black friday, então o trabalho de divulgação deve ser prévio. Feche parcerias pontuais com marketplaces durante o período para ter mais posições de anúncios.

Busque também fazer otimizações em SEO no site. Assim, ele será encontrado mais facilmente no Google diante de pesquisas de termos relacionados, como “promoção”, “black friday” “black week” e outros.

Integrando com equipe de vendas e marketing

Esteja perto desses dois departamentos, já que será fundamental apontar o que o site suporta. As campanhas de vendas e divulgação precisam ser realistas, e isso evita acessos excessivos que não serão convertidos em vendas.

Os planos dessas equipes também incluem o redirecionamento para saber quais devem ser os preparos para a black friday. Juntos, desenvolvedor, marketing e vendas conseguem equilibrar o disparo de ações. Isso gera acessos aos poucos, sem deixar de realizar vendas.

Garantindo a estabilidade do site

A aplicação dos clientes deve suportar todo o fluxo de acessos simultâneos. O desenvolvedor deve, mais uma vez, agir com vendas e marketing, para ter uma previsão desse fluxo. Só assim é possível fazer uma migração momentânea exata a um servidor mais capacitado.

A escalabilidade do sistema também é fundamental. Os acessos podem superar a expectativa, então o desenvolvedor precisará ampliar também a capacidade de recepção do servidor.

As práticas para evitar problemas com as altas demandas

Algumas práticas são indispensáveis na black friday para desenvolvedores. Elas atestam se tudo está funcionando bem, promovem mais oportunidades de venda e proporcionam um monitoramento adequado.

Ações de retargeting

Consumidores visitam o e-commerce, colocam produtos no carrinho e não concluem a compra. Isso é muito comum, e o retargeting visa trazer essa pessoa de volta para fechar negócio. Por meio do e-mail marketing, ofertas atrativas são enviadas para que esse usuário retorne.

Testes frequentes

É preciso testar o desempenho da página diante de muitos acessos. Antes do período, realize-os e observe o comportamento da aplicação e do servidor. Nesse momento é possível perceber lentidão de carregamento, páginas fora do ar, resposta ruim do servidor, entre outras questões.

Acompanhamento em tempo integral

A black friday para desenvolvedores também significa estar à disposição de seus clientes — o profissional deve estar a postos caso algo aconteça. Esse monitoramento integral garante a normalidade do funcionamento dos sites.

As ferramentas essenciais para desenvolvedores na Black Friday

O CDN é uma das principais ferramentas de ajuda ao black friday para desenvolvedores. Ele é uma rede que gera diversas cópias de seu site, cada uma para uma localidade mais próxima de seu cliente. Essas páginas são limitadas à navegação, ou seja, evitam a sobrecarga na página original diminuindo a concorrência com quem está comprando no site.

Quando esse usuário vai fechar uma compra, automaticamente ele é redirecionado ao site completo. Essa ferramenta controla o fluxo de acessos, equilibra as demandas e evita que as páginas fiquem fora do ar.

A importância de uma infraestrutura de qualidade

A hospedagem do e-commerce faz toda diferença na maneira como ele reage a um período de black friday. O primeiro ponto é buscar um ambiente customizado, de uma empresa que preste serviços de qualidade.

Há infraestruturas com recursos especiais, como o freezing. Ele impede que as alterações momentâneas para a black friday coloquem em risco a operação a longo prazo. Há também ferramentas de monitoramento proativo, para que o desenvolvedor controle o fluxo de acessos.

Infraestrutura dedicada é um bom recurso

Alguns sites precisam de uma infraestrutura mais sólida e ampla. É importante avaliar se é o caso de um ambiente dedicado, ou seja, utilizado somente para um cliente. Atualmente há alternativas bem em conta e acessíveis a qualquer empresa.

A previsão de acessos deve ser avaliada. A perspectiva é o que define se é necessário migrar a uma infraestrutura dedicada ou se a compartilhada atende bem. Alguns fatores influenciam diretamente na necessidade de um ambiente melhor, como:

  • tipo de produto;

  • valores que serão praticados;

  • nível de acesso que o site já tem;

  • quantidade de produtos em promoção.

Clientes que já têm um histórico sólido precisam de atenção redobrada. A infraestrutura dedicada é a melhor alternativa às lojas que já têm muitos acessos e costumam ter ótima adesão na black friday.

Os períodos de altas demandas representam trabalho extra, muita dedicação e alguns problemas. Entretanto, esse também é um momento de mostrar serviço e conquistar a confiança dos clientes. A black friday para desenvolvedores não é fácil, mas é fundamental para a construção de uma carreira sólida.

Assine nossa newsletter e receba outros conteúdos valiosos diretamente no seu e-mail!