Qual é a velocidade ideal para que um site tenha uma boa performance?

A velocidade de um site faz muita diferença na performance, afeta a experiência do usuário, os rankings de busca e, mais importante, as vendas e conversões. Entregar um bom site para os seus clientes significa, necessariamente, desenvolver um site rápido.

Neste artigo vamos falar sobre a importância da velocidade de um site e os fatores que a influenciam. Você vai aprender também a medi-la e a calculá-la para saber se ela está adequada ou se é necessário fazer alguma mudança no site. Acompanhe.

A importância da velocidade para a performance de um site

Nesta seção vamos rever os quatro principais fatores que tornam a velocidade importante.

1. É a primeira impressão

A primeira impressão é fundamental na internet, já que as opções são muitas e é fácil fechar um site e procurar outro. Se o seu site carregar rápido, dará a aparência de ser profissional e confiável. Se for lento, passará a imagem de ineficiência e pouca confiança.

2. É o que esperamos

Segundo Neil Patel, guru do marketing digital, 47% dos consumidores têm a expectativa de que uma página carregue em até 2 segundos. Quando a gente está em movimento, precisando de uma resposta rápida no smartphone, essa paciência pode ser menor ainda.

3. Sites lentos prejudicam as conversões

Ainda segundo Neil Patel, 40% das pessoas abandonam um site se ele demora mais de 3 segundos para carregar. Assim, se 100 mil pessoas visitam o site por mês e ele passa a carregar em 4 segundos, a empresa começa a perder 40 mil potenciais clientes por mês. Sem falar no efeito cumulativo: esses clientes perdidos deixam de recomendar o site e fazer o boca a boca no futuro.

4. Afeta o ranking no Google

Desde 2010, o Google considera o tempo de carregamento como um dos “sinais” em seu algoritmo de buscas. O principal buscador do mundo quer entregar uma boa experiência para seus usuários. Além da sua homepage, uma boa velocidade ajuda os robôs do Google a indexarem as novidades mais rapidamente. Assim, um post publicado no blog pode começar a aparecer nas buscas ainda hoje.

Fatores que influenciam na velocidade de um site

A infraestrutura do servidor escolhido pode ter grande impacto. Sites maiores pedem de um servidor virtual privado (VPS), que oferece o custo-benefício da infraestrutura compartilhada, mas com a habilidade de controlar recursos. Os sites muito grandes precisam de infraestrutura dedicada e de mais de um servidor para acomodar o tráfego.

No mesmo aspecto, é importante a localização do servidor. Quanto mais distante do usuário, pior. Se a maior parte do tráfego é de usuários no Brasil, considere uma infraestrutura localizada aqui.

A quantidade e tamanho dos arquivos é outro fator, especialmente imagens e vídeos. O consumo de vídeos tem crescido cada vez mais na internet e é preciso arrumar formas de carregá-los sem pesar muito.

Quanto mais widgets e plugins instalados, mais tempo vai demorar para carregar. O excesso deles pode comprometer até a segurança, e é por isso que testes de velocidade SSL são recomendados.

Se os headers não estiverem configurados adequadamente, fica mais difícil para o browser do visitante armazenar o site em cache, impedindo que as próximas visitas sejam mais rápidas.

Se o site não foi configurado para ser responsivo, pode carregar mais lentamente em dispositivos móveis. Dependendo da funcionalidade, você pode até considerar fazer um layout mobile first.

Finalmente, anúncios online, embora sejam uma boa forma de monetizar muitos sites, também podem comprometer o desempenho do carregamento.


Como otimizar a performance de um site

Nesta seção vamos revisar algumas das principais dicas para fazer um site carregar mais rápido.

Otimize o código

Mesmo um servidor bom e uma internet rápida podem entregar resultados lentamente, se a página não foi configurada de forma correta. Procure refinar o código dentro do site e limitar erros e bugs. Já no servidor, podem ser usadas outras técnicas, como um cache e código PHP otimizado.

Minifique e combine arquivos

De acordo com o Yahoo!, mais de 80% do tempo de carregamento de uma página é consumido baixando partes como imagens, style sheets e scripts. Você pode reduzir (minificar) os arquivos eliminando formatação, códigos e espaços em branco desnecessários. Além disso, vários arquivos CSS e JavaScript podem ser combinados em um só.

Experimente a compressão

O melhor cenário é ter os menores arquivos possíveis sem comprometer a qualidade. Com ferramentas como o Gzip você pode reduzir o tamanho dos arquivos em até 80% e mantê-los funcionais.

Habilite o cache

Muitos usuários estarão sempre visitando o site pela primeira vez. Mas, especialmente para sites como e-commerce ou aqueles com notícias e novidades constantes, é fundamental permitir o cache, acelerando ainda mais o carregamento para os clientes ou visitantes frequentes.

Como analisar se o plano de hospedagem atende às demandas do site

A infraestrutura atual atende à demanda do site? Apresentamos a seguir duas dicas para responder a essa pergunta.

Teste a velocidade com o PageSpeed Insights

O PageSpeed Insights, do Google, é uma ferramenta de boa qualidade e muito completa. Ele faz um diagnóstico em poucos segundos de qualquer website e faz sugestões como eliminar JavaScript e CSS de bloqueio de renderização, aproveitar cache e otimizar imagens. Ele também exibe as otimizações já implementadas.

Confira as restrições da hospedagem compartilhada

A solução mais comum para hospedagem de websites é a compartilhada, por ser mais econômica. Contudo, assim como em um quarto compartilhado, as regras são mais restritas do que em uma suíte privativa.

Esse tipo de serviço normalmente proíbe ou restringe atividades que exigem muita banda, como streaming, download de jogos, execução de jogos online e revenda de hospedagem. Também podem haver restrições ao número de inodes e ao número de e-mails enviados por hora (para e-mail marketing, por exemplo). É preciso assegurar que os serviços ofertados estejam à altura das ambições do site.

Como calcular a velocidade ideal para um site

O tempo ideal de carregamento de uma página sempre vai ser: mais rápido do que hoje. Como você viu neste artigo, trata-se de um esforço constante.

Uma forma de calcular a velocidade ideal é avaliar a taxa de rejeição (bounce) do site hoje e ver como ela é afetada após alterações. Quando a maior velocidade deixa de reduzir a rejeição, é um possível sinal de ela já esteja ideal. Uma nota verde do PageSpeed Insights, claro, também significa proximidade desse objetivo.

Por outro lado, talvez mais importante ainda seja ter um site mais rápido que o do concorrente. Para verificar esses números, existe a página Which Loads Faster?, que serve exatamente para medir quem carrega mais rápido. Teste e surpreenda-se com os resultados.

A velocidade de um site é um fator tão importante quanto suas funcionalidades. Sites lentos têm taxa de rejeição maior, e de nada adianta uma página bonita e útil se ninguém tiver paciência para usá-la. O tempo de carregamento deve ser uma preocupação diária e otimizado constantemente.

Montar e desenvolver sites dá muito trabalho. Assine nossa newsletter e fique por dentro de mais dicas como as deste artigo para desenvolvedores como você.

Cadastre-se e fique por dentro de todos os conteúdos para desenvolvedores.